'Thriller' de Michael Jackson é primeiro disco a vender 30 milhões de cópias nos EUA

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015 20:20 BRST
 

LOS ANGELES (Reuters) - O disco "Thriller" de Michael Jackson ainda está batendo recordes mais de 30 anos depois do seu lançamento e seis anos após a morte do astro pop, se tornando o primeiro álbum da história a cruzar a barreira das 30 milhões de cópias vendidas nos Estados Unidos, disseram nesta quarta-feira representantes da indústria.

"Thriller", lançado em 1982 e trazendo sete singles de sucesso, incluindo "Billie Jean", "Beat It" e a faixa que dá título ao disco, cruzou a marca de 20 milhões de cópias vendidas nos EUA em 1984, na sua semana 112 na parada de discos da Billboard, de acordo com a RIAA (associação da indústria fonográfica dos EUA).

A sua contínua popularidade depois da morte de Jackson em 2009, vítima de uma overdose de medicamentos, mostra a força do cantor. O Rei do Pop se mantém como o artista que mais vendeu discos em todos os tempos.

"A RIAA tem dado discos de ouro e platina em nome do negócio da música há quase 60 anos, mas esta é a primeira vez que um arista cruza o platô de 30X multiplatinas", declarou o presidente da RIAA, Cary Sherman, em comunicado.

"Thriller" também superou a marca de 100 milhões de cópias vendidas em todo o mundo, segundo o comunicado.

O disco e os seus vídeos cuidadosamente produzidos, incluindo o aclamado "Thriller", inspirado nos filmes de terror, ajudaram o cantor a superar as barreiras raciais, conquistando um lugar na MTV, que até então mostrava na grande maioria das vezes vídeos de artistas de rock brancos.

(Reportagem de Alex Dobuzinskis)