Governador da Califórnia perdoa Robert Downey Jr. por crimes dos anos 1990

sexta-feira, 25 de dezembro de 2015 13:14 BRST
 

LOS ANGELES (Reuters) - O governador da Califórnia, Jerry Brown, perdoou nesta quinta-feira a estrela do filme "Homem de Ferro", Robert Downey Jr., por ofensas relacionadas a drogas e armas nos anos 1990, um gesto em grande parte simbólico, que deixa o registro criminal do ator intacto, mas restaura o seu direito de participar de um júri.

O perdão dado ao antes "bad boy" de Hollywood, que retomou a carreira como estrela das bilheterias após anos de abuso de drogas e problemas com a lei, foi baseado na "boa conduta" de Downey, 50 anos, desde que deixou a prisão mais de 15 anos atrás.

Downey foi preso em 1996 depois que agentes do condado de Los Angeles o pararam num sinal de trânsito e encontraram uma pistola e drogas escondidas no carro.

Depois de condenado, Downey ficou um ano e três meses na prisão, com o seu caso sendo fechado em 2002, depois que ele se recuperou de várias violações de condicionais e finalmente completou os termos da sua sentença, segundo autoridades.

(Por Alex Dobuzinskis)