Meadowlark Lemon, astro do Harlem Globetrotters, morre aos 83 anos

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015 13:46 BRST
 

Por Bill Trott

(Reuters) - Meadowlark Lemon, um habilidoso atleta e animador de quadras de basquete que encantou plateias ao redor do mundo como uma atração especial do Harlem Globetrotters por cerca de 25 anos, morreu aos 83 anos, informou a equipe nesta segunda-feira.

Lemon, que tornou-se um palestrante motivacional em seus últimos anos, morreu no domingo em Scottsdale, Arizona, de acordo com o site do Globetrotters.

Lemon era o mestre indiscutível de truques, como o gancho de longo alcance, que agradaram multidões durante os anos em que vestiu o uniforme vermelho, branco e azul dos Globetrotters.

De acordo com o site oficial da equipe, ele jogou mais de 7.500 jogos consecutivos, equivalente a mais de 92 temporadas da NBA, em mais de 100 países, com plateias que incluíram da rainha Elizabeth a três papas.

Nascido Meadow Lemon III, na Carolina do Norte, Estados Unidos, tinha pouca familiaridade com o basquete até ver um filme sobre os Globetrotters quando tinha 11 anos. Ele foi dominado ao ver homens negros participando de um jogo durante os tempos de segregação racial.

"Eles pareciam fazer a bola falar", disse Lemon quando introduzido no Hall da Fama do Basquete, em 2003. "Eu disse, 'isto é meu. Isto é para mim'. Estava recebendo uma visão, estava recebendo um sonho no meu coração".

Após frequentar por pouco tempo a universidade e servir no Exército dos EUA, o sonho de Lemon se tornou realidade quanto se juntou aos Globetrotters em 1954. Em 1958 ele entrou no lugar de Goose Tatum como principal animador da equipe, posição que manteve por 20 anos.

 
Meadowlark Lemon, que participou do Harlem Globetrotter, posa em Scottsdale, no Arizona.  7/12/2010. REUTERS/Joshua Lott