Robert Stigwood, produtor musical por trás de Bee Gees e Eric Clapton, morre aos 81

terça-feira, 5 de janeiro de 2016 09:50 BRST
 

Por Matt Siegel

SYDNEY (Reuters) - O australiano magnata da música Robert Stigwood, que foi empresário do Bee Gees no auge da fama e guiou a bem-sucedida carreira solo de Eric Clapton, ao mesmo tempo em que produzia musicais para o palco, morreu aos 81 anos, informaram amigos nesta terça-feira.

O anúncio da morte do empresário foi feito na página no Facebook de Spencer Gibb, um dos filhos do integrante do Bee Gees Robin Gibb. Mais detalhes sobre a morte não estavam imediatamente disponíveis.

“Gostaria de compartilhar a triste notícia com todos vocês de que meu padrinho, e há muito tempo empresário de minha família, Robert Stigwood, faleceu”, escreveu Gibb.

Stigwood, que nasceu no Estado de Austrália do Sul, trabalhou em um número impressionante de apresentações inovadoras, tanto na Broadway como no mundo pop, produzindo grandes sucessos da contracultura como “Hair” e “Jesus Christ Superstar”.

Ele produziu também o filme de vanguarda para a opera rock “Tommy”, do The Who, e o filme “Os Embalos de Sábado à Noite”, que apresentou a música disco e o jovem John Travolta aos espectadores ao redor do mundo, enquanto lançava o Bee Gees ao estrelato mundial.

 
Australiano magnata da música Robert Stigwood, que morreu aos 81 anos. 20/01/1997 REUTERS/Jeff Vinnick