Atraído por atriz, chefe do tráfico mexicano "El Chapo" caiu por flertar

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016 11:45 BRST
 

Por Ana Isabel Martinez

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - Detalhes de mensagens de texto sugestivas trocadas entre o chefe do tráfico de drogas mexicano Joaquín "El Chapo" Guzmán e a atriz Kate del Castillo têm fascinado o México, e uma autoridade disse que a "obsessão" do traficante pela mulher o levou a baixar a guarda e ser capturado.

Guzmán, de 57 anos, foi detido na sexta-feira na cidade do norte de Los Mochis, seis meses depois de realizar uma fuga espetacular –pela segunda vez de uma prisão de segurança máxima– através de um túnel. Agora ele está na mesma prisão.

Autoridades mexicanas afirmaram ter interceptado uma série de conversas por mensagens de texto nas quais Kate, de 43 anos, negociou um encontro secreto entre Guzmán, ela e o astro de Hollywood Sean Penn em outubro, o que ajudou a rastrear o traficante.

Um alto funcionário do governo, que não quis se identificar, disse que uma das razões pelas quais Guzmán abandonou seu esconderijo nas montanhas de Sierra Madre de Sinaloa para ir a Los Mochis foi seu desespero para combinar outro encontro com a atriz radicada em Los Angeles.

“Cuidarei mais de você do que dos meus olhos”, disse Guzmán, de acordo com a transcrição dos diálogos publicados na quarta-feira pelo jornal local Milenio. “Me comove demais ao dizer que cuida de mim, jamais alguém cuidou de mim”, respondeu a atriz.

O funcionário afirmou que as mensagens são genuínas e que Guzmán tinha uma espécie de obsessão pela atriz, que resultou em sua ruína.

Na quarta-feira, Kate recorreu à rede social Twitter para agradecer a seus seguidores e escreveu: “Como era de se esperar, muitos decidiram manipular a informação e fabricar falsas histórias para nos distrairmos do verdadeiro tema. Concluído, contarei minha versão”.

(Reportagem adicional de Frank Jack Daniel, Joanna Zuckerman e Michael O'Boyle e Mark Hosenball em Washington)