Lançamento de novas músicas do Prince é bloqueado por corte dos EUA

quinta-feira, 20 de abril de 2017 14:19 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - Uma juíza dos Estados Unidos bloqueou um plano de lançamento de novas músicas do cantor Prince no primeiro aniversário da morte do artista, nesta semana.

A corte do distrito de Minnesota emitiu um mandato provisório barrando a divulgação do EP "Deliverance" de seis músicas, após a administração do espólio de Prince argumentar que as gravações quebravam um acordo de confidencialidade entre o cantor e seu ex-engenheiro de som, Ian Boxhill.

De acordo com documentos da corte, a juíza Wilhelmina Wright também pediu que Ian Boxhill entregue todas as "gravações originais, cópias analógicas e digitais e qualquer trabalho derivado delas", para o administrador do espólio de Prince.

"Deliverance" começaria a ser vendido na sexta-feira e marcaria o primeiro de uma série de lançamentos póstumos de material descartado ou incompleto de Prince, que morreu por uma dose acidental de analgésico no dia 21 de abril de 2016.

A gravadora independente Rogue Music Alliance(RMA) disse no início dessa semana que as seis músicas foram gravadas por Prince entre 2006 e 2008 e que Boxhill passou o último ano completando, fazendo o arranjo e fazendo a mixagem das músicas.

Representantes da RMA, de Boxhill e do espólio de Prince não responderam de imediato os pedidos por comentários sobre o mandato provisório.

A música que dá o nome ao disco "Deliverance" foi removida de serviços de streaming na noite de quarta-feira, mas não antes de atingir a posição número um no ranking de músicas de rock do iTunes.

(Reportagem de Jill Serjeant)

 
Prince durante show em Hollywood
24/5/2006   REUTERS/Chris Pizzello