Herdeiros do lendário quadrinista Jack Kirby fecham acordo com a Marvel

sexta-feira, 26 de setembro de 2014 21:24 BRT
 

Por Andrew Chung

NOVA YORK (Reuters) - A batalha legal entre os herdeiros do lendário quadrinista Jack Kirby e a Marvel Entertainment pelos direitos do Homem de Ferro, do Capitão América e de outros super-heróis terminou – mas não com um duelo final memorável, e sim com um acordo anunciado nesta sexta-feira pelas duas partes.

O entendimento surgiu quando a Suprema Corte dos Estados Unidos já se preparava para decidir se assumia o caso já antigo. Os termos do acordo não foram revelados.

A resolução foi o capítulo mais recente da disputa na qual Kirby afirmava deter os direitos sobre os populares e lucrativos personagens, ao lado do então editor e escritor Stan Lee, durante os anos 1960.

"A Marvel e a família de Jack Kirby resolveram amigavelmente suas desavenças legais e pretendem muito em breve levar adiante seu objetivo comum de honrar o papel significativo do senhor Kirby na história da Marvel”, informou o comunicado conjunto dos herdeiros e da subsidiária da Walt Disney.

Os representantes da família e da Marvel não estavam disponíveis de imediato para comentários.

Kirby, que escreveu e também desenhou histórias em quadrinhos, morreu em 1994 aos 76 anos de idade depois de uma carreira iniciada nos anos 1940.

Em 2009, seus filhos Lisa, Neal, Susan e Barbara Kirby reclamaram os direitos autorais sobre a obra que ele criou entre 1958 e 1963, quando era um artista freelance e desenhou muitos de seus personagens mais famosos.

A Disney comprou a Marvel no mesmo ano por 4 bilhões de dólares, e em 2010 a Marvel processou os herdeiros depois de fracassar na tentativa de negociar um acordo com eles a respeito de suas alegações.