Tumulto em festival hindu mata 32 pessoas pisoteadas na Índia

sexta-feira, 3 de outubro de 2014 19:30 BRT
 

NOVA DÉLHI (Reuters) - Pelo menos 32 pessoas morreram pisoteadas durante um tumulto em um festival hindu no Estado de Bihar, no sul da Índia, nesta sexta-feira, a maioria mulheres e algumas crianças, informou o chefe de polícia local.

Uma multidão tinha se reunido em um local ao ar livre na capital do Estado, Patna, para a queima de efígies ao crepúsculo, parte do festival Dusshera, que celebra a vitória do bem sobre o mal no épico Ramayana.

Autoridades disseram que o corre-corre aconteceu no fim do evento, quando as pessoas já deixavam o local. Canais de televisão citaram uma testemunha que disse não haver iluminação suficiente quando a cerimônia terminou.

Pelo menos 15 pessoas foram levadas ao hospital, relatou o chefe de polícia, P.K. Thakur. A polícia está examinando imagens de circuito fechado para determinar o que desencadeou o pânico.

“Havia muito pouco policiamento, e vendedores que tinham montado suas barracas perto dos portões de saída, tornando a passagem mais difícil”, declarou uma testemunha à rede NDTV.

O superintendente da polícia de Patna, Prantosh Kumar Das, disse que algumas pessoas relataram ter ouvido um boato de que um cabo elétrico partido havia caído no chão e que o rumor se espalhou rapidamente pela multidão, levando a uma disparada para os portões.

A televisão mostrou sapatos, chinelos e bolsas de mão espalhados pelo solo.

(Por Jatindra Das e Rupam Jain Nair)

 
Indianos procuram seus pertences após tumulto em festival hindu em Patna, no leste da Índia, nesta sexta-feira. 03/10/2014 REUTERS/Stringer