EUA devolvem ao Peru obras de arte roubadas de igreja

quinta-feira, 23 de outubro de 2014 10:38 BRST
 

Por Jim Forsyth

SAN ANTONIO EUA (Reuters) - Autoridades dos Estados Unidos devolveram ao governo do Peru duas pinturas da era colonial roubadas, em uma cerimônia de repatriamento no Museu de Arte de San Antonio, na quarta-feira.

As pinturas do século 18 foram furtadas do altar de uma igreja peruana em 2001 e vendidas anos depois por uma casa de leilão do Estado do Texas a um colecionador particular. As imagens de São Vicente Ferrér e Santo Antônio Abade foram estimadas em cerca de 10 mil dólares cada.

“Os tesouros culturais devolvidos hoje não têm lugar nas mãos de um colecionador particular”, disse a agente especial a cargo das Investigações de Segurança Nacional em San Antonio, Janice Ayala. “Eles pertencem aos peruanos, que valorizam sua herança cultural.”

Harold Forsyth, embaixador do Peru nos EUA, afirmou que a recuperação das obras de arte foi um “triunfo moral” para seu país.

Ayala disse que o homem que comprou as pinturas não será indiciado, mas que perdeu o dinheiro que pagou por elas. A agência recebeu uma denúncia sobre as obras roubadas em 2009 e levou vários anos para conseguir devolvê-las ao governo peruano.

De acordo com leis federais, o setor de Investigações da Segurança Nacional tem autoridade para apreender obras de arte levadas ilegalmente aos EUA, especialmente aquelas que foram declaradas roubadas ou perdidas.