Leilão de relógio de bolso suíço atinge recorde de US$24 milhões

terça-feira, 11 de novembro de 2014 17:27 BRST
 

GENEBRA (Reuters) - Um relógio de bolso de ouro feito pela Patek Philippe para um banqueiro de Nova York no início dos anos 1930 alcançou 23,2 milhões de francos suíços (24 milhões de dólares) em um leilão nesta terça-feira, quebrando o recorde para o objeto estabelecido há 15 anos, afirmou a Sotheby's.

Henry Graves pediu à famosa relojoaria suíça para produzir o relógio mais complicado do mundo e superar um feito para James Packard, um fabricante de automóveis norte-americano.

"O Henry Graves Supercomplication restabeleceu seu status supremo como o relógio mais valioso na história dos leilões, vendido por 23,2 milhões de francos suíços (24 milhões de dólares), batendo assim o recorde de 11 milhões de dólares estabelecido em 1999", disse a Sotheby's em um comunicado, após a venda em Genebra.

(Reportagem de Stephanie Nebehay)

 
Relógio de bolso "The Henry Graves Supercomplication", que foi leiloado por 24 milhões de dólares. Foto de 5 de novembro de 2014.    REUTERS/Denis Balibouse