Amigos e músicos homenageiam Amy Winehouse em estreia do documentário 'AMY' em Londres

quarta-feira, 1 de julho de 2015 16:32 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Um documentário muito aguardado sobre a falecida cantora britânica Amy Winehouse teve um pré-lançamento em sua Londres natal, onde amigos e colegas músicos prestaram homenagem à vencedora de seis prêmios Grammy.

“AMY”, que aborda a vida da intérprete de “Rehab” e também sua morte em 2011 por intoxicação alcoólica, foi exibido na noite de terça-feira antes de estrear nos cinemas da Grã-Bretanha na sexta-feira.

A cinebiografia, exibida primeiramente no Festival Internacional de Cinema de Cannes em maio, atraiu críticas do pai da artista, Mitch Winehouse, que o chamou de enganador. Seus produtores discordam, afirmando terem realizado cerca de 100 entrevistas para fazê-la.

    “O filme é lindo, porque mostra um lado de Amy que não acho que as pessoas viam. Mostra o quão divertida... inteligente (e) espirituosa ela era. Essa é a Amy de que eu lembro”, declarou o amigo e músico Tyler James, que aparece no documentário, no tapete vermelho.

    “Acho que é importante que seu legado seja levado adiante e que as pessoas a vejam como ela realmente era.”

    A londrina Amy, saudada por muitos como uma das cantoras mais talentosas de sua geração antes de morrer aos 27 anos, estava muito associada com o bairro de Camden, no norte da capital, onde vivia.

    Uma estátua da cantora, com seu inconfundível penteado semelhante a uma colmeia, foi inaugurada ali no ano passado.

(Reportagem de Holly Rubenstein)

 
Cantora britânica Amy Winehouse durante show em Londres. 20/2/2008. REUTERS/Alessia Pierdomenico