ESTREIA–“As Aventuras dos 7 Anões” faz humor com fábulas infantis

quarta-feira, 8 de julho de 2015 15:22 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O mundo dos contos de fada é, mais uma vez, passado em revista na animação alemã “As Aventuras dos 7 Anões” – que também circula em versão 3D.

Dirigida pelo experiente animador Harald Siepermann (atuante em “Uma Cilada para Roger Rabbit” e que morreu no meio das filmagens) e do também ator Boris Aljinovic, a produção foca as crianças, mas torna-se agradável para os adultos devido a um bem-sacado humor em relação a histórias e personagens muito conhecidos.

A princesinha Rose será, assim, uma versão renovada da Bela Adormecida, ao sucumbir à maldição da bruxa Della Morta, caindo num sono supostamente eterno ao ser picada no dedo pelo anel da malvada.

Também está previsto que um apaixonado, no caso, o ajudante da cozinha do palácio Jack, beije a princesinha para acordá-la – o que os dois tinham até combinado antes. Mas a bruxa tomou suas providências e mandou seu dragão amestrado, Braseiro, capturar Jack, aprisionando-o na sua altíssima e gelada montanha.

Outros personagens conhecidos, como a Branca de Neve – a melhor amiga de Rose –, Chapeuzinho Vermelho e o Lobo Mau (transformados em apresentadores de TV) e os sete anões participam da trama.

Especialmente os anões, que não têm exatamente os mesmos nomes e características dos filmes da Disney, mostrando uma propensão para a ação digna dos seus semelhantes da franquia “O Senhor dos Aneis, apesar de não terem tanta perícia nem valentia.

O menor e mais atrapalhado desses anões, Bobo, que não consegue literalmente nem amarrar o sapato, precipita, com sua falta de jeito, a maior parte das confusões da história – inclusive o sono da princesa. Mas o roteiro prevê reviravoltas e transformações de personagens, para garantir o final feliz.

Soa um pouco estranho que as músicas cantadas pelos personagens sejam mantidas no inglês original, enquanto as falas são dubladas – aliás, uma boa dublagem.

(Por Neusa Barbosa, do Cineweb)

* As opiniões expressas são responsabilidade do Cineweb