Família de Fellini vende direitos para refilmagem de “La Dolce Vita”

sexta-feira, 10 de julho de 2015 19:03 BRT
 

ROMA (Reuters) - A família do diretor italiano Federico Fellini aprovou uma refilmagem de seu clássico “La Dolce Vita”, 55 anos após o original ter chegado às telas. 

O companhia cinematográfica AMBI Pictures, de Roma, disse em comunicado que assinou um acordo para produzir “uma homenagem” ao filme clássico, o qual foi filmado em preto e branco e estrelou Marcello Mastroianni, Anita Ekberg e Anouk Aimee.

“Nossa visão é de uma história contemporânea tão comercial, icônica e digna de prêmios quanto a original”, disseram os donos da AMBI, Andrea Iervolino e Monika Bacardi. Segundo eles, ainda não há decisões sobre elenco e direção. 

“La Dolce Vita” seguiu os passos de um repórter, interpretado por Mastroianni, enquanto ele vagava pela decadente nobreza romana, pelos novos ricos, e pelas veias da Via Veneto, ao passo que buscava um significado para sua própria vida.

Em sua cena mais icônica, Sylvia, uma bela loira interpretada por Ekberg, atrai Mastroianni para uma noite sensual nas águas frias da Fonte de Trevi. 

“Fomos abordados diversas vezes e nos pediram para considerar tudo, desde refilmagens até continuações”, disse a sobrinha de Fellini, Francesca Fellini, em comunicado. 

(Por Crispian Balmer)