Príncipe William da Grã-Bretanha diz que trabalho como piloto o tornará "um bom homem"

segunda-feira, 13 de julho de 2015 16:10 BRT
 

Por Michael Holden

LONDRES (Reuters) - O príncipe William, da Grã-Bretanha, segundo na linha do trono, iniciou uma nova carreira como piloto de helicóptero de ambulância aérea nesta segunda-feira, dizendo que o novo trabalho o manteria "um bom homem".

William, neto da rainha Elizabeth que trabalhou previamente como piloto de busca e resgate da Força Aérea Real, realizará missões saindo do aeroporto de Cambridge com médicos especialistas e paramédicos pela Inglaterra.

O príncipe, de 33 anos, que se tornou pai pela segunda vez em maio com o nascimento de sua filha, Charlotte, disse que estava "fantasticamente animado" com a função.

"Fazer um trabalho como este não tem preço, valor e para mim existe um elemento de dever sobre isto", disse durante entrevista televisionada. "Tentando ser um bom homem, tentando o que posso e tentando ser um indivíduo decente", acrescentou.

Embora esse trabalho seja a função primária de William, ele continuará realizando funções oficiais da realeza, responsabilidades que cresceram nos últimos anos, à medida que a rainha, de 89 anos, diminuiu seus compromissos.

 
Príncipe William, da Grã-Bretanha, deixa seu helicóptero durante seu primeiro dia no trabalho de piloto de helicóptero ambulância em Cambridge. 13/07/2015 REUTERS/Stefan Rousseau/Pool