Obama leva filhas para passear em Nova York

sábado, 18 de julho de 2015 10:53 BRT
 

Por Roberta Rampton

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, reservou algum tempo neste fim de semana para as duas pessoas que ele descreve como "magníficas", mas que, diz ele, o consideram entediante: suas filhas adolescentes, Malia e Sasha.

Obama saiu com suas filhas em Nova York na sexta-feira à noite e tinha mais planos para este sábado, um desvio raro de seus horários de fim de semana, que normalmente envolvem trabalho e golfe.

Obama tem falado muitas vezes sobre o quão triste ele vai ser quando suas filhas deixarem o ninho. Malia, 17, foi flagrada visitando faculdades.

"Eu já estou temendo o lugar vazio na mesa quando Malia for para a escola no próximo outono", escreveu Obama, em um ensaio no mês passado na revista More.

Na sexta-feira, Sasha, 14, embarcou na aeronave presidencial Air Force One com Obama para o final de semana, junto com dois de seus amigos. Malia, conforme rumores, teria um emprego de verão em vista em Nova York, trabalhando no set da série de televisão do canal HBO "Girls".

Primeiro, Obama fez um pouco de negócios, atendendo uma pequeno evento para levantar fundos na sexta-feira à noite, organizado pelos magnatas da área de transporte George e Nitzia Logothetis para o Comitê Nacional Democrata, onde 30 apoiadores pagaram até 33,4 mil dólares pelo ingresso.

Em seguida, Obama levou as meninas para jantar no Carbone, um restaurante ítalo-americano no bairro de Greenwich Village. Depois, a comitiva partiu para o Museu Whitney de Arte Americana para um tour privado após o fechamento.

A Casa Branca não divulgou o itinerário para o restante da viagem. De acordo com o New York Post, o presidente Obama e as filhas iriam à Broadway para uma performance do musical hip-hop "Hamilton" neste sábado.