"Homem Formiga" lidera bilheterias, "Pixels" arrecada decepcionantes US$ 24 mi

domingo, 26 de julho de 2015 16:50 BRT
 

Por Brent Lang

LOS ANGELES (Variety.com) - O brilho de Adam Sandler parece ter diminuído significativamente, depois que "Pixels", um filme nostálgico que coloca personagens como o Pac-Man e o Donkey Kong lado a lado com o comediante, estreou arrecadando decepcionantes 24 milhões de dólares nas bilheterias dos cinemas dos EUA.

A comédia, ridicularizada pelos críticos, terminou a semana atrás de "Homem Formiga", da Disney e da Marvel, que conseguiu 24,8 milhões dólares em seu segundo fim de semana em cartaz. Esse é o desempenho de topo de lista mais fraco nas bilheterias desde o dia 24 de abril, quando "Velozes e Furiosos 7", então em sua quarta semana em cartaz, superou todos os demais filmes em exibição com "somente" 17,8 milhões em ingressos vendidos. Até o momento, "Homem Formiga" já arrecadou 106,1 milhões de dólares em território norte-americano.

A tradicional corrida das bilheterias abriu marcada por um episódio chocante de violência depois que um atirador abriu fogo durante uma sessão do filme "Descompensada" em Louisiana na última quinta-feira, matando duas mulheres e ferindo nove pessoas antes de virar a arma para si e tirar a própria vida. Muitos consumidores em todo o país podem ter evitado as salas de cinema com medo após o episódio.

Entre outros lançamentos do cinema no fim de semana, "Cidades de Papel", da Fox, arrecadou 12,5 milhões em 3.031 salas, ao passo que "Nocaute", lançamento da Weinstein Company, abocanhou 16,5 milhões em 2.772 salas em todo o país.

"Cidades de Papel" não bateu as projeções dos especialistas. A maioria das estimativas previa que a estreia da mais nova adaptação às telas de um romance do escritor de "A culpa é das estrelas", John Green, passaria dos 20 milhões de dólares em arrecadação. Com um orçamento de 12 milhões de dólares, o filme ainda assim é lucrativo, mas os resultados parecem ter confundido a cabeça dos produtores do estúdio, que pensaram ter um "hit" em mãos.

"Eu estou de alguma forma confuso", disse Chris Aronson, chefe de distribuição doméstica na Fox. "Isso é algo que teremos que analisar e rever no pós-lançamento e descobrir por que não tivemos mais pessoas assistindo ao filme."