Filha de Whitney Houston morre aos 22 anos

segunda-feira, 27 de julho de 2015 11:28 BRT
 

Por Rich McKay

ATLANTA, Estados Unidos (Reuters) - Bobbi Kristina Brown, filha única da cantora Whitney Houston, morreu no domingo, ao 22 anos, cerca de seis meses depois de sofrer danos cerebrais irreversíveis em um incidente em casa nos arredores de Atlanta, informou a família em comunicado.

Bobbi, filha de Whitney com o cantor de R&B Bobby Brown, foi encontrada de bruços e inconsciente em uma banheira em sua casa por seu companheiro e uma pessoa amiga em 31 de janeiro.

"Ela está finalmente em paz nos braços de Deus", disse a família. "Queremos mais uma vez agradecer a todos pelo tremendo amor e apoio nestes últimos meses."

Assim que a notícia de sua morte se tornou pública, órgãos de imprensa e fãs se reuniram em uma escura rua sem saída em Duluth, subúrbio de Atlanta, onde as luminárias ornamentadas da rua iluminavam a casa de repouso de tijolos cobertos de hera onde Bobbi morreu.

"Nós só queremos mostrar o nosso respeito", disse Ali Joyner, de 15 anos, que convenceu a mãe e um vizinho, da região de Dacula, situada a 35 quilômetros, a levá-los até lá. "Eu simplesmente amava a mãe dela, Whitney. E Bobbi faz parte disso".

Sua morte ocorreu três anos depois de sua mãe, ganhadora do Grammy e que lutava contra a dependência de drogas, morrer afogada em uma banheira em um hotel de Beverly Hills aos 48 anos. As autoridades disseram que o abuso do uso de cocaína e doença cardíaca contribuíram para a morte de Whitney, em 11 de fevereiro de 2012 a morte.

Bobbi Kristina Brown herdou a fortuna da mãe. Uma ação cível de 10 milhões dólares apresentada no mês passado acusa o companheiro dela, Nick Gordon, de lhe causar ferimentos potencialmente fatais e tirar dinheiro de sua conta bancária enquanto ela estava em coma. Ninguém foi acusado no caso.

 
Bobbi Kristina Brown durante evento em Hollywood.   16/08/2012  REUTERS/Fred Prouser