Autópsia em filha de Whitney Houston pode ajudar a solucionar morte misteriosa

segunda-feira, 27 de julho de 2015 14:53 BRT
 

ATLANTA (Reuters) - As autoridades da cidade norte-americana de Atlanta disseram nesta segunda-feira que irão realizar uma autópsia em Bobbi Kristina Brown na tentativa de determinar como a filha da falecida cantora Whitney Houston sofreu as lesões que lhe causaram um dano cerebral irreversível seis meses atrás.

O escritório do Instituto Médido Legal do Condado de Fulton declarou que o procedimento será difícil, dado o tempo transcorrido entre a morte da jovem de 22 anos, no domingo, e qualquer que tenha sido o incidente que a deixou inconsciente em uma banheira de sua casa de Atlanta, onde foi encontrada em janeiro.

“A interpretação das descobertas da autópsia e outras informações também serão um desafio. Entretanto, uma autópsia pode ajudar a abordar questões que podem surgir sobre a causa de sua inconsciência e morte mais adiante”, informou o escritório em um comunicado.

Os resultados finais podem demorar semanas.

Bobbi morreu na noite de domingo em uma casa de repouso onde sua família a internou um mês atrás, depois de perder as esperanças de que ela se recuperasse.

A filha única de Whitney e do cantor de R&B Bobby Brown foi encontrada na banheira por seu companheiro, Nick Gordon, e um amigo no dia 31 de janeiro.

Uma ação civil no valor de 10 milhões de dólares apresentada no mês passado acusa seu companheiro de lhe causar “lesões com risco de morte” e de roubar dinheiro de sua conta bancária enquanto ela estava em coma.

(Por Rich McKay)

 
Bobbi Kristina Brown acena durante evento em Los Angeles.  11/10/2012.   REUTERS/Mario Anzuoni