Embate político nos EUA sobre acordo nuclear com Irã chega a Hollywood

quinta-feira, 30 de julho de 2015 20:11 BRT
 

Por Idrees Ali

WASHINGTON (Reuters) - A batalha política dos Estados Unidos sobre o acordo nuclear com o Irã chegou a Hollywood, com um novo vídeo de apoio ao acordo mostrando nomes que vão desde os atores Jack Black e Morgan Freeman até a ex-espiã norte-americana Valerie Plame. 

O vídeo feito pelo grupo anti-nuclear Global Zero adota um tom bem-humorado, distante das farpas e dos insultos trocados no Congresso entre representantes do governo de Obama e republicanos céticos sobre o acordo.  

“O acordo atualmente na mesa é a melhor maneira de garantir que o Irã não construa uma p* de uma bomba”, disse o ator Morgan Freeman no vídeo de três minutos. O palavrão é ocultado por um som. 

Os famosos nomes, incluindo do diplomata veterano e ex-embaixador dos EUA na ONU Thomas Pickering, dizem que o acordo negociado entre os EUA, outras potências mundiais e o Irã é a melhor opção disponível. Eles listam sombrias opções caso o acordo sofra uma “sabotagem” no Congresso. 

Parlamentares norte-americanos têm até 17 de setembro para aceitar ou rejeitar o acordo. 

O governo do presidente Barack Obama tem tentado convencer membros do Congresso e o público a apoiarem o acordo. A campanha inclui mídias sociais, assim aparições em audiências, reuniões confidenciais e encontros privados. 

O vídeo já teve mais de 250 mil visualizações no YoutTube nos dois dias desde que foi lançado. 

O clipe termina com Jack Black cantando uma versão alternativa de “Russians”, uma popular música anti-nuclear de Sing durante a Guerra Fria. “E eu digo a você: eu espero que os iranianos amem as crianças deles também”, canta Black. 

 
Morgan Freeman durante lançamento de filme em Nova York.  24/6/2015.     REUTERS/Shannon Stapleton