Dinossauros e carros velozes impulsionam ganhos de bilheteria da Universal Pictures

quarta-feira, 5 de agosto de 2015 19:23 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - A Universal Pictures fez história nesta quarta-feira, tornando-se o primeiro estúdio de cinema a faturar 5,53 bilhões de dólares em um ano no mundo, estabelecendo um recorde para o setor.

Apoiada no sucesso de filmes como "Jurassic World" e "Velozes e Furiosos 7", a Universal, do grupo Comcast, alcançou o marco em sete meses e superou o recorde anterior de 5,52 bilhões de dólares de faturamento mundial, alcançado pela 20th Century Fox em 2014.

"Este tremendo sucesso é resultado de um contínuo posicionamento estratégico de nossas equipes de produção, marketing e distribuição", disse o presidente do Conselho da Universal Filmed Entertainment Group, Jeff Shell, em comunicado.

No começo deste ano, o estúdio estabeleceu um novo recorde ao chegar mais rápido à faixa de 1 bilhão de dólares de bilheteria global com "Jurassic World" e 5 bilhões de dólares acumulados com seus lançamentos.

"Jurassic World", que marcou a volta do sucesso da franquia de Steven Spielberg de aventura jurássica "Jurassic Park", teve o maior fim de semana de estreia da história das bilheterias tanto nos Estados Unidos quanto no resto do mundo ao chegar às telonas em junho. Uma sequência está prevista para junho de 2018.

Até agora, a Universal já teve cinco filmes que lideraram a bilheteria na América do Norte neste ano: "50 Tons de Cinza", em fevereiro; "Velozes e Furiosos 7", em abril; "A Escolha Perfeita 2", em maio; "Jurassic World", em junho; e "Minions", em julho.

(Reportagem de Piya Sinha-Roy)

 
Ator Chris Pratt na pré-estreia de "Jurassic World", em Hollywood, nos Estados Unidos, em junho. 09/06/2015 REUTERS/Mario Anzuoni