Panda gigante em zoológico dos EUA mostra sinais de gravidez

segunda-feira, 10 de agosto de 2015 16:09 BRT
 

WASHINGTON (Reuters) - A panda gigante Mei Xiang, do Zoológico Nacional dos Estados Unidos, está mostrando sinais de estar grávida, afirmou o local em Washington nesta segunda-feira, em um bom desenvolvimento para a espécie em vias de extinção.

Mei Xiang, estrela turística na capital dos EUA, mostrou um aumento secundário em seus níveis de progesterona urinários a partir de 20 de julho, de acordo com um comunicado do zoológico.

O aumento "indica que ela terá um filhote ou que terminará uma gravidez psicológica dentro de 30 a 50 dias", segundo o comunicado.

Mei Xiang foi inseminada artificialmente em 26 e 27 de abril. No procedimento foi usado esperma congelado de Hui Hui, um panda que vive na China, e esperma fresco de Tian Tian, do Zoológico Nacional.

Os veterinários estão monitorando mudanças em seu trato reprodutivo e tentando avaliar sinais de um feto. A única maneira de determinar se uma panda gigante está grávida é detectar um feto usando um ultrassom, disse o comunicado.

Mei Xiang está mostrando comportamentos em linha com o aumento da progesterona. Ela está construção um ninho, gastando mais tempo em sua toca, dormindo mais e comendo menos.

Os pandas gigantes são uma das espécies mais ameaçadas do mundo. Seu habitat natural é em algumas cordilheiras na China Central. Há cerca de 1.600 pandas gigantes vivendo em estado selvagem e cerca de 300 em cativeiro, a maioria na China.

(Reportagem de Ian Simpson)

 
Foto de arquivo da panda gigante Mei Xiang em Washington.  23/8/2007.  REUTERS/Kevin Lamarque