EUA devolvem quadro roubado de Picasso a museu na França

quinta-feira, 13 de agosto de 2015 18:25 BRT
 

WASHINGTON (Reuters) - Autoridades dos Estados Unidos autorizaram a devolução do quadro roubado de Picasso “La Coiffeuse”, avaliado em 15 milhões de dólares, para a França nesta quinta-feira, nove meses após ter sido encontrado em uma encomenda da FedEx, listado como um item de 37 dólares. 

A diretora de Imigração e Alfândega dos EUA, Sarah Saldana, entregou a pintura cubista, feita a óleo, para autoridades francesas em uma cerimônia na embaixada da França. 

“Estamos tão contentes que o quadro será mostrado ao mundo novamente”, disse a diretora a repórteres. 

“La Coiffeuse” foi exposto pela última vez em 1998 em Munique, Alemanha, e foi devolvido ao Museu Nacional de Artes Modernas em Paris. O museu registrou o roubo de seus arquivos em 2001.

Após uma informação de fontes, agentes alfandegários encontraram o quadro em um carregamento da FedEx de dezembro de 2014, que iria da Bélgica a Newark, Estados Unidos. O rótulo de envio descrevia o conteúdo como um artesanato no valor de 30 euros (37 dólares).

Autoridades não quiseram comentar sobre a investigação do roubo. Dois especialistas do museu de Paris confirmaram a autenticidade do quadro em janeiro. 

(Por Ian Simpson)

 
Sarah Saldana cumprimenta vice-chefe de missão francesa Frederic Dore em Washington.  13/8/2015.   REUTERS/Jonathan Ernst