Hermès diz que está em negociações com atriz sobre bolsa de crocodilo

sexta-feira, 28 de agosto de 2015 10:22 BRT
 

Por Astrid Wendlandt

PARIS (Reuters) - A grife Hermès afirmou nesta sexta-feira que está em negociações com a atriz e cantora Jane Birkin sobre seu pedido de remover seu nome da bolsa de crocodilo de luxo da marca, uma campeã de vendas, porque ela não concorda com as práticas agrícolas e de abate de um de seus fornecedores.

Em comunicado no mês passado, Jane procurou se dissociar da bolsa Birkin Croco --que custa mais de 20.000 euros-- depois de ter visto um vídeo mostrando como répteis vivos tinham a pele aberta ou serrada em uma fazenda no Estado norte-americano do Texas que é fornecedora da Hermès.

O executivo-chefe da Hermès, Axel Dumas, disse que a marca informou Birkin que iniciou uma investigação sobre as práticas da fazenda e está tentando impor padrões éticos mais elevados em relação ao tratamento de crocodilos em todos os seus fornecedores.

"Temos preservado uma relação de confiança e amizade com Jane Birkin", disse Dumas nesta sexta-feira durante apresentação dos resultados do primeiro semestre da empresa.

"Estamos em conversações com ela" sobre o assunto, afirmou Dumas, acrescentando que até o momento não há advogados envolvidos.

A bolsa, em homenagem a Birkin, nascida na Grã-Bretanha e que se tornou um dos ícones da Londres dos anos 1960, é um dos produtos de luxo mais procurados, em parte porque a Hermès produz menos do que a demanda, o que resulta em listas de espera.

 
Ativistas do grupo de direitos animais Peta protestam contra o uso de pele de crocodilo em frente à loja da grife Hermès em Tóquio, no Japão. 30/07/2015 REUTERS/Thomas Peter