“Que Horas Ela Volta”, com Regina Casé, é escolhido para buscar indicação ao Oscar

quinta-feira, 10 de setembro de 2015 14:02 BRT
 

RIO DE JANEIRO, (Reuters) - “Que Horas Ela Volta”, protagonizado pela atriz e apresentadora Regina Casé, foi o filme escolhido pelo Brasil para tentar uma indicação ao Oscar de melhor filme estrangeiro em 2016, informou o Ministério da Cultura nesta quinta-feira.

O longa da diretora Anna Muylaert conta a história de uma empregada doméstica, vivida por Regina Casé, e sua relação com os patrões, uma família rica de São Paulo. A chegada da filha da empregada à casa onde a mãe trabalha e mora expõe a relação entre diferentes classes sociais e as diferenças existentes entre pessoas que vivem no mesmo ambiente.

“O filme fala do afeto e também levanta questões e tópicos sociais dessa relação”, disse a jornalistas o crítico de cinema Rodrigo Fonseca, membro do comissão julgadora criada pelo ministério para escolher o filme brasileiro que vai tentar uma indicação ao Oscar.

A produção será avaliada a partir de agora pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, que vai selecionar nove filmes estrangeiros que serão pré-indicados ao Oscar. Desse grupo sairão os cinco indicados ao prêmio de melhor filme de língua estrangeira.

“Que Horas Ela Volta” ganhou reconhecimento internacional ao ser premiado recentemente no Festival de Sundance, nos Estados Unidos, e no Festival de Berlim.

A última vez que o Brasil teve um filme indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro foi em 1999, com "Central do Brasil". Também concorreram prêmio "O Pagador de Promessas" (1963), "O Quatrilho" (1998) e "O Que É Isso Companheiro?" (1998).

(Por Rodrigo Viga Gaier)