Filme que encerra Festival de Veneza mostra confronto de gerações na China

sábado, 12 de setembro de 2015 13:46 BRT
 

VENEZA (Reuters) - As mudanças na sociedade chinesa são retratados em um confronto de gerações no filme do diretor Guan Hu, fora da mostra competitiva no Festival de Cinema de Veneza, em que um hooligan idoso reagrupa sua antiga gangue para resgatar um filho que está sendo mantida refém por jovens ricos.

"Lao Pao Er" (Sr. Six), de Guan, irá fecha o festival neste sábado. Ele será mostrado após a cerimônia de premiação de gala, onde o Leão de Ouro é dado ao melhor filme escolhido entre 21 na competição principal por um júri liderado pelo diretor mexicano Alfonso Cuarón.

"Eu nasci em um tradicional hutong em Pequim (rua estreita) e o problema é que a China tem desenvolvido-se em grande velocidade nos últimos 30 anos e visto um grande desenvolvimento conforme busca recuperar o atraso com o Ocidente" disse Guan à Reuters em uma entrevista. "Tem sido muito rápido e um monte de problemas surgiram a partir daí".

Ele disse que, mostrando o hooligan, interpretado pelo também diretor Feng Xiaogang, em um confronto com um grupo de jovens ricos, ele procurou chamar a atenção para as mudanças que ele diz ter afetado o país inteiro, e não apenas Pequim.

"Eu queria descrever estes diferentes grupos de pessoas, as pessoas na base da sociedade, as classes médias e na parte superior, as autoridades, e como eles interagem e as funções da sociedade", disse ele. "Então, o que eu estou buscando é um realismo."

(Reportagem Hanna Rantala)