Participantes do Festival de Cinema de Toronto dizem que crescimento da TV é bem-vindo

quinta-feira, 17 de setembro de 2015 17:42 BRT
 

Por Jeffrey Hodgson

TORONTO (Reuters) - Um aumento na alta qualidade da televisão deve ser bem recebido, e não temido, disseram atores e cineastas que participaram da edição deste ano do Festival de Cinema de Toronto, que pela primeira vez inclui um programa dedicado a shows televisivos.

Organizadores do evento de 10 dias, palco de lançamento para a temporada de premiações de Hollywood, disseram que a inclusão de programas televisivos refletiram a "crescente convergência e igualdade artística entre televisão e cinema".

Mas a ascensão da televisão é também resultado parcial do favorecimento de filmes de franquias de grandes orçamentos por parte dos estúdios de Hollywood, que apelam para grandes audiências, de acordo com veteranos da indústria.

Muitos escritores e diretores que buscam produzir histórias mais complexas e desafiadoras estão buscando outras opções, disse Matt Damon, que ganhou um Oscar por "Gênio Indomável".

"Muitos de nós passam suas vidas adultas pensando sobre duas horas e três atos. Agora estamos migrando para a televisão e pensando 'tudo bem, como conto esta história com 20 horas?", disse à Reuters.

A situação da televisão atualmente é similar ao que ocorreu na Grã-Bretanha dos anos 1970, quando as dificuldades da indústria cinematográfica britânica fizeram com que muitos fossem para as pequenas telas, disse a vencedora do Oscar Helen Mirren, que participou de ambos os meios.

"Os dois sempre tiveram em um relacionamento simbiótico", disse.

O diretor de "Gladiador" Ridley Scott, que começou sua carreira fazendo programas da BBC na década de 1960, afirmou que a televisão está provando ser um grande terreno fértil para novos escritores.

 
Ator Matt Damon concede entrevista no Festival de Toronto.  11/9/2015.    REUTERS/Fred Thornhill