Cantora country Carrie Underwood diz fazer música para “pessoas de verdade”

terça-feira, 22 de setembro de 2015 11:40 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Em apresentação transmitida ao vivo pela Internet em Londres, a cantora country norte-americana Carrie Underwood, vencedora de sete prêmios Grammy, disse acreditar que seu tipo de música não tem fronteiras porque trata de “pessoas de verdade”, de todo e qualquer lugar.

“Com certeza entendo que a música country tem a maior parte de sua cultura centrada nos Estados Unidos e no sul do país. Mas cantamos sobre pessoas de verdade, histórias de verdade, pessoas que trabalham duro, e acho que isso é universal”, disse Underwood à Reuters na noite de segunda-feira, na casa de show londrina Roundhouse.

“A música country evoluiu muito ao longo das décadas, e acho que há muitos artistas como eu que estão simplesmente trabalhando duro para romper com estereótipos e levar boa música a todos”, afirmou a cantora antes de subir no palco para tocar no Apple Music Festival.

Carrie, de 32 anos, alcançou a fama depois de vencer a edição de 2005 do programa de calouros “American Idol”. Depois que seu disco de estreia, “Some Hearts”, foi eleito o melhor álbum de country da última década pela revista Billboard, ela disse ter sentido pressão para o lançamento seguinte, mas que hoje tem a carreira sob controle.

“Nesta altura da minha carreira, depois de 10 anos, sinto que parte disso passou, porque sinto que cimentei um lugar na música country, no rádio... tenho muitos fãs que me apoiam muito”.

“Sabe, tem gente em outros países que fala coisas como ‘Carrie, por favor venha ao Brasil’ e eu fico ‘Ah, meu deus, as pessoas ouviram falar de mim no Brasil, é incrível’. Essa parte é muito legal”.

(Por Joel Flynn)

 
Carrie Underwood durante show em Nova York. 01/12/2014 REUTERS/Carlo Allegri