Ralph Lauren deixa o cargo de presidente-executivo da grife

terça-feira, 29 de setembro de 2015 21:13 BRT
 

(Reuters) - O estilista norte-americano Ralph Lauren, que construiu um império da moda com roupas inspiradas em clubes de campo, anunciou nesta terça-feira que deixará o cargo de presidente-executivo da empresa e nomeou o chefe da marca Old Navy, da Gap, para o posto.

A Ralph Lauren, fundada pelo estilista de 75 anos em 1967, indicou Stefan Larsson, presidente global da Old Navy, como presidente-executivo a partir de novembro. Lauren continuará a atuar como presidente do Conselho e diretor da equipe de design, disse a companhia em comunicado.

A empresa tem tido dificuldades para impulsionar os lucros enquanto um dólar mais forte reduz o valor de suas vendas ao exterior. A receita líquida no primeiro trimestre fiscal encerrado em 27 de junho caiu 5 por cento, principalmente devido a efeitos cambiais.

(Por Sneha Banerjee e Ramkumar Iyer em Bangalore e Siddharth Cavale e Kylie Gumpert em Nova York)

 
Ralph Lauren acena durante desfile em Nova York.   17/9/2015. REUTERS/Lucas Jackson