Promotores de Los Angeles avaliam provas contra Bill Cosby

sexta-feira, 2 de outubro de 2015 10:42 BRT
 

Por Daina Beth Solomon

LOS ANGELES (Reuters) - Promotores de Los Angeles estão examinando as evidências de agressão sexual contra o veterano comediante Bill Cosby, disse um funcionário do condado nesta quinta-feira, levando adiante um caso que poderia resultar nas primeiras acusações criminais contra o comediante.

A modelo Chloe Goins, 24 anos, apresentou queixa à polícia de Los Angeles de que Cosby a tinha drogado e agredido em 2008, quando estava com 18 anos, na Mansão Playboy, na mesma cidade.

A porta-voz do procurador distrital do condado de Los Angeles, Jane Robison, disse que a divisão de crimes sexuais está avaliando o material entregue na quarta-feira pelo detetives que investigavam o caso de Chloe. Jane não disse quando os promotores decidirão se pretendem indiciar Cosby.

Um porta-voz da polícia confirmou que os investigadores encaminharam o caso ao Ministério Público, mas se recusou a dar mais detalhes. O representante de Cosby não quis comentar o assunto.

Cosby, mais conhecido pela comédia "The Cosby Show", foi acusado de agressão sexual por mais de 50 mulheres, em incidentes que remontam à década de 1960 e não se enquadram nos requisitos para os processos penais ou civis.

Os advogados de Cosby tem repetidamente negado qualquer irregularidade de sua parte.

(Reportagem adicional de Alex Dobuzinskis)

 
Comediante norte-americano Bill Cosby em Nova York. 26/04/2014 REUTERS/Eric Thayer