Novo “De Volta Para O Futuro” é improvável, diz produtor

segunda-feira, 19 de outubro de 2015 15:36 BRST
 

LONDRES (Reuters) - Um quarto filme da franquia “De Volta Para O Futuro” parece improvável, afirmou um dos produtores executivos da produção nesta segunda-feira, início da semana em que os fãs da saga de viagens no tempo se reúnem para comemorar o dia exato em que Marty McFly viajou em 1985.

No ano que marca o 30º aniversário do primeiro filme, alguns fãs esperavam ver a franquia ressuscitar, como vem acontecendo com outras.

Christopher Lloyd, que interpretou o doutor Emmett ‘Doc’ Brown na trilogia, disse à revista Hollywood Reporter na semana passada que retomaria o papel se todo o elenco, incluindo Michael J. Fox, que viveu McFly, e o diretor Robert Zemeckis voltassem.

Fox, hoje com 54 anos, foi diagnosticado com Mal de Parkinson em 1991. Ele se aposentou temporariamente em 2000, quando os sintomas pioraram, e se dedicou à pesquisa da cura da doença, mas desde então fez algumas séries de televisão.

“Você tem que ser cuidadoso quando faz uma sequência ou uma ‘prévia’, porque a questão toda é a história. Você não pode simplesmente fazer a mesma história de novo e de novo”, declarou o produtor Frank Marshall à Reuters.

“Acho bom ter sequências, mas elas têm que ser um filme em si também... fico contente de ver coisas como “Jurassic (Park)”, como “(a franquia) Bourne”. Não acho que veremos outro “De Volta Para O Futuro”... acho que este está encerrado”.

A próxima quarta-feira, 21 de outubro, está sendo apelidada de “Dia De Volta Para O Futuro”.

(Por Sara Hemrajani)

 
Diretor Robert Zemeckis concede entrevista em Seul.  18/2/2013.   REUTERS/Kim Hong-Ji