Ex-astro da NBA Lamar Odom é transferido para tratamento em Los Angeles, diz mídia

terça-feira, 20 de outubro de 2015 11:34 BRST
 

LOS ANGELES (Reuters) - O ex-astro do basquete Lamar Odom, hospitalizado há quase uma semana depois de desmaiar em um bordel onde autoridades disseram que ele havia consumido cocaína, recebeu alta de uma clína no Estado norte-americano de Nevada na segunda-feira e foi encaminhado para tratamento na região de Los Angeles, disse um órgão da mídia.

Odom, de 35 anos, foi levado de helicóptero do Hospital Sunrise e Medical Center, em Las Vegas, acompanhado da mulher, a estrela de reality show da TV Khloe Kardashian, segundo o site de celebridades E! News, que não identificou suas fontes.

Khloe, 31 anos, estava em meio a um processo de divórcio do marido, mas tem permanecido ao lado dele desde que foi internado no Sunrise Hospital na terça-feira.

O E! News não identificou o local para onde Odom estava sendo levado nem explicou o motivo da transferência, mas disse que os médicos em Las Vegas tinham a intenção de levá-lo para outro lugar se sua condição permanecesse estável.

O Sunrise Hospital não respondeu imediatamente aos pedidos para comentar. Nem a família Kardashian nem representantes de Odom deram quaisquer informações sobre sua condição desde que foi encontrado inconsciente em um bordel legal em uma área rural de Nevada, chamado de Love Ranch.

Autoridades e funcionários do bordel disseram que ele tinha usado cocaína durante a estada de quatro dias na fazenda e ingerido até dez comprimidos de um suplemento de estímulo sexual que pode reduzir drasticamente a pressão arterial e interagir com outros medicamentos.

Há informações da mídia de que o jogador, veterano da Associação Nacional de Basquete, na sexta-feira emergiu do coma, abriu os olhos e falou brevemente com Khloe.

Citando fontes próximas à família ou ao hospital, órgãos da mídia especializada em celebridades disseram anteriormente que Odom sofreu uma série de derrames, estava com insuficiência renal e os médicos lhe davam uma chance de recuperação de 50-50.

Apesar dos sinais de melhora, ele deverá enfrentar meses de reabilitação, de acordo com a imprensa.

(Reportagem de Steve Gorman; Reportagem adicional de Eric M. Johnson, em Seattle)

 
Lamar Odom durante partida do Los Angeles Lakers, nos Estados Unidos.   13/04/2008    REUTERS/Lucy Nicholson