Sotheby’s movimenta mais de US$300 milhões em arte impressionista e moderna

sexta-feira, 6 de novembro de 2015 10:29 BRST
 

Por Chris Michaud

NOVA YORK (Reuters) - A Sotheby’s estabeleceu um novo recorde na quinta-feira para o período azul de Picasso, com um retrato erótico duplo (pintado numa tela na frente e em outra atrás), num leilão que movimento 300 milhões de dólares em arte impressionista e moderna, o que ajudou a obscurecer a memória de um resultado apagado na noite anterior.

Com preços firmes, mas não excepcionais, pouco mais de três quartos das 47 obras em oferta encontraram compradores, e o total vendido, de 306,7 milhões de dólares, incluindo comissão, supera confortavelmente a baixa estimativa de pré-venda, de 275 milhões de dólares. A Sotheby’s tinha indicado como estimativa mais alta o valor de 370 milhões.

Como se previa, "La Gommeuse" retrato do período azul de Picasso, alcançou o preço mais alto, de 67,5 milhões – a meta era 60 milhões. As estimativas não incluem a comissão, de pouco mais de 12 por cento.