Cantor britânico Cliff Richard volta a ser interrogado por suspeita de abuso sexual

sexta-feira, 6 de novembro de 2015 15:02 BRST
 

LONDRES (Reuters) - O cantor Cliff Richard, um dos artistas mais conhecidos da Grã-Bretanha, voltou a ser interrogado por policiais que investigam alegações de crimes sexuais de longa data, disse seu porta-voz nesta sexta-feira.

Richard, de 75 anos, se encontrou voluntariamente com os oficiais da polícia de South Yorkshire, que no ano passado iniciaram um inquérito sobre acusações que remontam aos anos 1980 e envolvem um menino menor de idade.

“Ele não foi preso nem acusado, nem havia sido antes. Ele cooperou totalmente com os policiais e respondeu às perguntas feitas a ele”, afirmou seu representante.

“Além de reafirmar que as alegações são completamente falsas e que irá continuar a cooperar totalmente com a polícia, não seria adequado para sir Cliff dizer mais nada neste momento”, disse.

A polícia do município de South Yorkshire declarou que as buscas estão em andamento e que a investigação continua. Em fevereiro, o chefe da polícia local disse que o inquérito “aumentou significativamente de tamanho”.

Richard, nascido Harry Webb em 1940 e apelidado de Elvis Presley britânico no início da carreira, teve 14 canções no topo da parada de seu país. Nomeado cavaleiro pela rainha Elizabeth em 1995, ele foi um dos artistas britânicos mais bem-sucedidos da era pré-Beatles, no final dos anos 1950 e início dos anos 1960.

(Por Michael Holden)

 
Cliff Richard durante show em frente ao Palácio de Buckingham, em Londres. 4/6/2012  REUTERS/David Moir