Com disco novo, Seal diz que compor canções honestas de amor foi “catártico”

sexta-feira, 6 de novembro de 2015 19:26 BRST
 

LOS ANGELES (Reuters) - Compor músicas sobre amor e corações partidos para o seu primeiro disco desde que se divorciou da modelo Heidi Klum foi uma "experiência catártica" para Seal.

"7", lançado nesta sexta-feira, é o primeiro disco do músico de 52 anos em quatro anos e vem depois de ele e Klum, nascida na Alemanha, tomarem caminhos separados em 2012 após sete anos de casamento.

"Você tem uma série de eventos que ocorrem, e num determinado momento você escreve sobre eles quando você se sente compelido a isso", disse o cantor à Reuters.

"Obviamente que há um tipo de período de digestão que acontece, onde você tem que inserir aquele período e tomar distância dele por um tempo e depois voltar e escrever objetivamente de forma oposta a subjetivamente."

Conhecido pela voz aveludada e sucessos como a vencedora do Grammy "Kiss from a Rose", Seal já vendeu mais de 30 milhões de discos no mundo inteiro.

"Algumas pessoas, quando alguma coisa está pesando sobre elas, vão ver um terapeuta, um psiquiatra ou algum tipo de analista. Eu escrevo músicas, e isso, naquele momento, é uma experiência muito catártica", afirmou Seal.

"Mas há ressalvas. Só é catártico quando você é brutalmente honesto com você mesmo, antes de tudo."

(Reportagem de Rollo Ross, em Los Angeles)

 
Cantor britânico Seal se apresenta no Rock in Rio, no Rio de Janeiro, em setembro. 20/09/2015 REUTERS/Ricardo Moraes