Morre doente terminal que pediu e viu novo “Star Wars” antes da estreia

terça-feira, 10 de novembro de 2015 15:00 BRST
 

Por Jon Herskovitz

AUSTIN, EUA (Reuters) - O doente terminal e fã de “Star Wars” que teve atendido o pedido de assistir ao novo filme da franquia, “Star Wars Episódio VII– A Força Desperta”, antes de sua estreia nos cinemas morreu poucos dias depois de ver a produção, informou a esposa do norte-americano do Estado do Texas pelo Facebook nesta terça-feira.

Daniel Fleetwood, que tinha 31 anos e sofria de um tipo de câncer que se espalhou em 90 por cento de seus pulmões, conseguiu ver uma versão inicial do ansiosamente esperado novo filme da série “Star Wars”, que entra em cartaz nos EUA em 18 de dezembro, contou sua esposa, Ashley Fleetwood, na semana passada.

“Daniel lutou incrivelmente até o fim. Agora ele está com Deus e com a força. Ele faleceu dormindo e em paz. Ele sempre será meu ídolo e meu herói”, escreveu ela na rede social nesta terça-feira.

O desejo de Fleetwood de ver “A Força Desperta” se viralizou na Internet neste mês com a hashtag #ForceForDaniel, que conquistou o apoio de membros do elenco da produção como Mark Hamill (Luke Skywalker), Peter Mayhew (Chewbacca) e o novato John Boyega.

Na quinta-feira passada, Hamill tuitou dizendo estar “encantado” por Fleetwood ter podido ver o filme.

Fleetwood e sua esposa, que mora no subúrbio da cidade de Houston, vinham documentando sua saúde nas mídias sociais, e em setembro ele publicou uma atualização dizendo que haviam lhe dado de um a dois meses de vida devido à rapidez com que a doença se disseminou.

Também na última quinta-feira, a distribuidora Disney afirmou que a exibição para Fleetwood já havia ocorrido e que “todos os envolvidos ficaram felizes por poderem fazer isso dar certo”. A empresa não informou onde a exibição foi realizada, mas dada a condição de Fleetwood é provável que ela tenha acontecido em sua casa.

(Por Jon Herskovitz em Austin e Piya Sinha-Roy em Los Angeles)