Fãs de Eagles of Death Metal lançam campanha de apoio à banda

terça-feira, 17 de novembro de 2015 10:31 BRST
 

Por Steve Gorman

LOS ANGELES (Reuters) - Os fãs da banda de rock californiana Eagles of Death Metal, que fazia show na casa de espetáculos Bataclan, em Paris, durante um massacre cometido por homens armados na sexta-feira, iniciaram uma campanha nas redes sociais para incentivar o download da recém-gravada música "Save a Prayer".

A página do Facebook intitulada "Eagles of Death Metal para o nº 1" foi criada no fim de semana, de acordo com o site, por um grupo de britânicos frequentadores regulares de shows da banda, sem vínculos com a sua gestão, marketing ou gravadora. Os fãs também lançaram uma conta no Twitter.

Eles pedem aos fãs que demonstrem solidariedade com a compra de "Save a Prayer", uma versão cover de um single do Duran Duran de 1982, em sites de música como Amazon.com e iTunes, e ouvindo a faixa no serviço do Spotify.

Os organizadores da campanha disseram que o objetivo é levar a música para o topo das paradas de singles pop britânicos esta semana, e que a faixa já tinha alcançado o primeiro lugar nas paradas de rock da Amazon e do iTunes em 24 horas.

"Save a Prayer" é a 10ª faixa de um total de 11 músicas gravadas pela banda em seu quarto álbum, "Zipper Down", que foi lançado em outubro e recebeu críticas em grande parte positivas.

"Zipper Down" ficou em sexto lugar na lista norte-americana de álbuns de rock mais vendidos na Amazon e em terceiro na parada equivalente do iTunes na segunda-feira – um feito impressionante para um lançamento que, segundo a Nielsen SoundScan, tinha vendido tão somente 12.000 CDs e downloads de álbuns nos Estados Unidos antes da tragédia de sexta-feira.

A banda estava no palco do Bataclan quando homens armados abriram fogo com fuzis automáticos, matando dezenas de pessoas.

Um breve vídeo gravado no interior da casa quando o ataque começou foi postado no Instagram e tem sido exibido na televisão. Nele, três músicos da banda podem ser vistos no palco no meio de uma performance instrumental quando irrompem os tiros, o que levou o baterista a buscar abrigo enquanto um guitarrista foge do palco e outro fica paralisado.

Todos os músicos escaparam ilesos, de acordo com parentes contatados pela Reuters no fim de semana. Mas pelo menos um membro da comitiva da banda, o gerente de merchandising Nick Alexander, de 36 anos, foi morto, segundo comunicado de sua família.

(Reportagem de Steve Gorman; reportagem adicional de Piya Sinha-Roy, em Los Angeles)

 
Polina Volkova, amiga do gerente de merchandising da banda Eagles Of Death Metal Nick Alexander, que morreu no ataque ao Bataclan. 14/11/2015  REUTERS/Carlo Allegri