Roma irá instalar detectores de metais no Coliseu após ataques em Paris

sexta-feira, 20 de novembro de 2015 17:07 BRST
 

Por Isla Binnie e Angus MacSwan

ROMA (Reuters) - Autoridades responsáveis pelo Coliseu, em Roma, irão instalar detectores de metais na entrada do anfiteatro de quase 2.000 anos, conforme cidades de toda a Europa reforçam a segurança depois dos ataques mortais em Paris na semana passada.

Um porta-voz responsável pelos pontos arqueológicos de Roma disse que a morte de 129 pessoas provocada por militantes islâmicos na França motivou a decisão de instalar os dispositivos ao redor do Coliseu, que sediava lutas de gladiadores durante o império romano.

A Itália reforçou a segurança na semana passada e a embaixada dos Estados Unidos em Roma alertou os cidadãos norte-americanos na quinta-feira que pontos turísticos como igrejas, sinagogas, restaurantes, teatros e hotéis tanto da capital quanto de Milão poderiam ser alvos.

Os funcionários de segurança do Coliseu já tinham detectores de metais manuais, mas a atualização deve garantir uma maior proteção, disse o porta-voz.

 
Soldado italiano patrulha o Coliseu, em Roma. 20/11/2015. REUTERS/Alessandro Bianchi