Chefe do tráfico "Chapo" Guzman diz que ama sua mãe e não sente nenhum remorso

domingo, 10 de janeiro de 2016 12:57 BRST
 

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - O notório traficante mexicano de drogas Joaquín "Chapo" Guzman não sente remorso ou responsabilidade pelo contrabando de bilhões de dólares em drogas para os Estados Unidos, e não se considera um homem violento apesar de inúmeros assassinatos que lhe são atribuídos.

Ele também se considera um homem de família amoroso que tem um relacionamento "perfeito" com sua mãe e que nunca dá início a uma confusão, mas está pronto para se defender quando necessário.

Guzman foi recapturado na sexta-feira no noroeste do México, seis meses após escapar da prisão.

Semanas atrás ele ofereceu um relance sem precedentes de sua personalidade em uma entrevista secreta ao astro de Hollywood Sean Penn para a revista Rolling Stone. A entrevista foi publicada no sábado.

Como ele define Chapo?

"Com todo respeito, e do meu ponto de vista, é uma pessoa que não está procurando problemas de forma nenhum", respondeu sobre si mesmo a Penn em uma gravação em vídeo, depois de encontrar-se com o ator em um local secreto no México semanas atrás.

Sua volátil situação de segurança impediu um novo encontro para uma entrevista presencial. Fontes do governo mexicano disseram no sábado que as autoridades sabiam do planejado encontro e, por isso, foram capazes de rastrear os movimentos de Penn e localizar Guzman, ajudando na sua captura.

"Olha, tudo que faço é me defender, nada mais. Mas eu começo confusões? Nunca", afirmou Guzman na entrevista, acrescentando que ele agradeceu a Deus por ajudá-lo a sair da prisão no ano passado.

Questionado por Penn se ele se sentia responsável pelos altos níveis de dependência de drogas no mundo, Guzman respondeu que não.   Continuação...