Último álbum de Bowie dispara em primeiro lugar nas paradas britânicas

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016 18:26 BRST
 

LONDRES (Reuters) - O último álbum de David Bowie, "Blackstar", lançado dias antes da morte do cantor devido a um câncer na semana passada, disparou nesta sexta-feira no topo das paradas britânicas, com fãs comprando ou escutando online mais de meio milhão de seus gravações.

Com três compilações de seus maiores sucessos entre os 20 melhores álbuns, e clássicos como "Hunky Dory" em 14º e "The Rise and Fall of Ziggy Stardust" em 17º, Bowie dominou o primeiro ranking musical britânico desde sua morte, aos 69 anos, no último domingo , disse a Official Charts Company.

“BlackStar”, que recebeu algumas das melhores críticas da carreira de Bowie, se tornou o 10º disco de Bowie a liderar as paradas.

A obra foi descrita pelo produtor musical de Bowie, Tony Visconti, como um presente de despedida aos fãs, milhares dos quais têm se reunido um memorial para o cantor em sua cidade natal, Londres.

O álbum, que seguia firme rumo ao primeiro lugar na Grã-Bretanha mesmo antes da morte do cantor, também é esperado para o topo das paradas norte-americanas. Suas vendas aumentaram 1.055 por cento com a notícia de sua morte, de acordo com a Nielsen.

Diversos singles de Bowie também deixaram suas marcas nesta semana, disse a Charts Company, com "Heroes" em 12º, "Life on Mars" em 16º, "Starman" em 18º e "Let's Dance" em 23º.

(Reportagem de Stephen Addison)

 
Mulher observa moral com imagem de David Bowie em Londres. 15/01/2016  REUTERS/Dylan Martinez