15 de Janeiro de 2016 / às 20:08 / em 2 anos

Último álbum de Bowie dispara em primeiro lugar nas paradas britânicas

LONDRES (Reuters) - O último álbum de David Bowie, “Blackstar”, lançado dias antes da morte do cantor devido a um câncer na semana passada, disparou nesta sexta-feira no topo das paradas britânicas, com fãs comprando ou escutando online mais de meio milhão de seus gravações.

Mulher observa moral com imagem de David Bowie em Londres. 15/01/2016 REUTERS/Dylan Martinez

Com três compilações de seus maiores sucessos entre os 20 melhores álbuns, e clássicos como “Hunky Dory” em 14º e “The Rise and Fall of Ziggy Stardust” em 17º, Bowie dominou o primeiro ranking musical britânico desde sua morte, aos 69 anos, no último domingo , disse a Official Charts Company.

“BlackStar”, que recebeu algumas das melhores críticas da carreira de Bowie, se tornou o 10º disco de Bowie a liderar as paradas.

A obra foi descrita pelo produtor musical de Bowie, Tony Visconti, como um presente de despedida aos fãs, milhares dos quais têm se reunido um memorial para o cantor em sua cidade natal, Londres.

O álbum, que seguia firme rumo ao primeiro lugar na Grã-Bretanha mesmo antes da morte do cantor, também é esperado para o topo das paradas norte-americanas. Suas vendas aumentaram 1.055 por cento com a notícia de sua morte, de acordo com a Nielsen.

Diversos singles de Bowie também deixaram suas marcas nesta semana, disse a Charts Company, com “Heroes” em 12º, “Life on Mars” em 16º, “Starman” em 18º e “Let’s Dance” em 23º.

Reportagem de Stephen Addison

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below