Promotoria do México intima atriz Kate del Castillo a depor no caso "El Chapo"

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016 14:47 BRST
 

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - A atriz mexicana Kate del Castillo foi intimada pelas autoridades mexicanas a depor como testemunha por ter intermediado o encontro entre o ator Sean Penn e o chefe do tráfico de drogas mexicano Joaquín "El Chapo" Guzmán, que foi recapturado em 8 de janeiro.

A intimação é para que a atriz se apresente na próxima semana à Procuradoria-Geral da República, disse um funcionário da PGR mexicana à Reuters nesta segunda-feira.

À parte da entrevista, na semana passada foram divulgadas na mídia mexicana supostas mensagens de texto trocadas entre o traficante e a atriz, nas quais "El Chapo" parece interessado por ela, o que, segundo um funcionário do governo, foi o que levou o traficante a baixar a guarda e descuidar de sua segurança.

Guzmán, de 57 anos, foi preso na cidade de Los Mochis seis meses após sua fuga espetacular uma prisão de segurança máxima através de um túnel. Atualmente, ele está detido na mesma penitenciária, porém com fortes medidas de segurança.

Autoridades mexicanas disseram ter interceptado uma série de conversas por mensagens texto nas quais Kate, de 43 anos, negociou um encontro secreto entre Guzmán, ela e o astro de Hollywood Sean Penn em outubro, o que, segundo as autoridades, ajudou a rastrear o chefe do tráfico.

(Reportagem de Lizbeth Díaz)

 
Atriz mexicana Kate Del Castillo posa para fotos durante premiação em Marbella, na Espanha. 18/07/2015 REUTERS/Jon Nazca