Atriz mexicana que se reuniu com "El Chapo" vai depor em Los Angeles, diz pai

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016 16:55 BRST
 

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - A atriz Kate del Castillo, que está no centro de uma investigação por lavagem de dinheiro depois de ter ajudado o ator Sean Penn a encontrar com o narcotraficante Joaquín "El Chapo" Guzmán, vai testemunhar em Los Angeles, afirmou o pai dela.

A procuradora-geral do México, Arely Gomez, afirmou em uma entrevista ao jornal El Universal, na terça-feira, que há indicações de que a atriz mexicana pode ter usado dinheiro de Guzmán para ajudar a financiar sua produtora de tequila.

"Ela quer cooperar porque ela não tem nada a esconder", disse o jornal local Reforma, citando o pai da atriz, Eric del Castillo, na edição de quarta-feira. "Ela vai se apresentar ao consulado em Los Angeles. Ela tem provas ... ela está limpa."

Ainda não há uma data para o comparecimento dela no consulado, acrescentou o pai.

Um funcionário do gabinete da procuradora-geral afirmou na segunda-feria que ela seria interrogada por autoridades na próxima semana.

O governo do México informou que um encontro entre a atriz, que viveu o papel de uma chefe do tráfico na série "La

Reina del Sur"; Penn, vencedor de um Oscar; e Guzmán foi crucial para conseguir recapturar o traficante neste mês.

Penn negou a alegação na semana passada, dizendo que o governo do México estava tentando colocá-lo na mira do temido cartel de Sinaloa, de Guzmán.

 
Atriz mexicana Kate del Castillo posa para foto durante pré-estreia de filme em Los Angeles. 12/10/2014 REUTERS/Kevork Djansezian