Iñarritu ganha prêmio de sindicato por "O Regresso"

domingo, 7 de fevereiro de 2016 13:49 BRST
 

LOS ANGELES, (Reuters) (Reuters) - Os cineastas de Hollywood elegeram Alejandro Iñarritu o melhor diretor de cinema de 2015 pelo seu desempenho com "O Regresso", em uma cerimônia de gala neste sábado, ajudando a voltar as atenções na disputa pelo Oscar.

O Sindicato dos Diretores dos Estados Unidos (DGA, na sigla em inglês), que representa os diretores de cinema e televisão, também escolheu Matthew Heineman como o melhor documentarista, por "Cartel Land."

Os vencedores do prêmio do sindicato de melhor filme nos anos passados frequentemente também arrebataram o Oscar de direção e viram seus filmes ganharem o título da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas.

Foi a segunda vitória consecutiva de Iñarritu no DGA, depois de levar para casa o prêmio do ano passado por "Birdman", pelo qual ele também ganhou o Oscar de melhor diretor. Esse filme também levou o Oscar de melhor filme para casa.

Até agora neste ano os prêmios da indústria dos representantes de atores, produtores e diretores têm sido distribuídos para filmes diferentes, com os atores escolhendo "Spotlight", e os produtores homenageando "A Grande Aposta".

No que depender do DGA, os observadores do Oscar verão uma disputa neste ano entre o drama sombrio de Iñárritu, estrelado pelo favorito ao Oscar Leonardo DiCaprio, a história jornalística de "Spotlight", de Tom McCarthy, e narrativa de uma farsa financeira de "A Grande Aposta".

Os prêmios do Oscar serão entregues em Hollywood em 28 de fevereiro, em uma cerimônia transmitida pela televisão, cheia de estrelas e assistida ao redor do mundo, um dos programas de TV mais vistos dos Estados Unidos.

(Por Bob Tourtellotte)