Taylor Swift, Ed Sheeran e Bruno Mars levam principais prêmios do Grammy

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016 09:23 BRST
 

Por Piya Sinha-Roy e Steve Gorman

LOS ANGELES (Reuters) - O rapper Kendrick Lamar foi um dos maiores vencedores do Grammy na noite de segunda-feira, ficando com cinco prêmios, mas foi esnobado nas principais categorias, enquanto Taylor Swift surpreendeu ficando com o troféu de álbum do ano.

Natural de Compton, na Califórnia, Lamar foi indicado para 11 prêmios e parecia a caminho de conquistar o de disco do ano por "To Pimp A Butterfly", louvado pela crítica, mas foi a ex-cantora country e hoje estrela pop que levou a principal estatueta por "1989", o álbum mais vendido de 2014.

Taylor, de 26 anos, fez história ao se tornar a primeira mulher a ser premiada nessa categoria duas vezes, feito já obtido em 2009 com "Fearless", o que a levou a fazer um discurso de agradecimento empolgado sobre o empoderamento feminino.

"A todas as mulheres aí fora... haverá pessoas que tentarão minar seu sucesso ou levar crédito por suas conquistas ou sua fama", afirmou a cantora no palco, acrescentando: "Não deixem as pessoas tirarem vocês do caminho".

Sua fala pareceu uma crítica a Kanye West, que na semana passada lançou uma canção chamada "Famous" na qual afirma ter tornado Taylor famosa depois de interromper o discurso de agradecimento da estrela no MTV Video Music Awards de 2009.

O cantor de R&B Bruno Mars e o produtor Mark Ronson ficaram com o prêmio de gravação do ano pela animada faixa "Uptown Funk!"

O cantor e compositor britânico Ed Sheeran foi agraciado com seus primeiros Grammys, incluindo o de canção do ano por "Thinking Out Loud", e ainda recebeu um forte abraço de Taylor quando subia no palco.

A pop star Meghan Trainor, que surgiu no ano passado com seu hino de auto-afirmação "All About That Bass", foi escolhida melhor artista revelação, e agradeceu em lágrimas o executivo musical L.A. Reid "por me ver como uma artista, e não só como uma cantora e compositora".

O astro pop canadense Justin Bieber levou seu primeiro Grammy na categoria de melhor gravação dance por "Where Are U Now", que mais tarde ele interpretou ao vivo na cerimônia.

 
Taylor Swift posa com prêmios que ganhou na 58ª edição do Grammy, em Los Angeles. 15/02/2016  REUTERS/Lucy Nicholson