Puma aposta em "futuro feminino" com moda de Rihanna

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016 11:11 BRST
 

Por Emma Thomasson

HERZOGENAURACH, Alemanha (Reuters) - A grande procura pelos tênis criados pela cantora Rihanna deu à Puma um crescimento de vendas maior do que o esperado no quarto trimestre de 2015, e a empresa alemã de artigos esportivos disse nesta quinta-feira que o calendário movimentado de competições em 2016 deve ajudar a marca ainda mais.

A Puma, que perdeu espaço como grife de moda entre as mulheres, fez da exploração do florescente mercado de artigos esportivos femininos uma peça-chave de sua estratégia para voltar a disputar espaço com as líderes do setor, Nike e Adidas.

A marca escolheu Rihanna, famosa por sucessos como "Umbrella", como diretora de criação, e a artista lançou sua primeira coleção de roupas para a Puma em Nova York na semana passada, mostrando uma variedade de peças de inspiração gótica em preto e branco exibidas por modelos com batom preto.

"O futuro é feminino... vemos que mais e mais mulheres de todo o mundo estão praticando esportes", disse o executivo-chefe da Puma, Bjorn Gulden, em entrevista coletiva. "Sentimos que podemos ser a marca que domina o espaço entre a academia e a passarela".

A Puma também anunciou um acordo com Kylie Jenner, celebridade de reality shows, que será embaixadora da marca – apesar de seu cunhado, Kanye West, rapper que cria peças para a Adidas, ter dito anteriormente no Twitter que ela não assinaria com a rival.

Segundo a Puma, as vendas do último trimestre cresceram 11,5 por cento, um valor atualizado de 879 milhões de euros que superou a cifra de 839 milhões, média estimada por analistas.

 
Estilista Jeremy Scott e cantora Rihanna no tapete vermelho antes de lançamento da coleção de Rihanna para a Puma, em Nova York. 12/02/2016 REUTERS/Eduardo Munoz