Batalha de Madonna por custódia do filho Rocco volta a tribunal de Nova York

quarta-feira, 2 de março de 2016 15:53 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - Os advogados da cantora pop Madonna e de seu ex-marido, o diretor de cinema britânico Guy Ritchie, voltaram a um tribunal de Nova York nesta quarta-feira na tentativa de resolver a batalha pela custódia de Rocco, filho de 15 anos do casal.

Nem Madonna nem Ritchie devem comparecer à audiência da Suprema Corte de Manhattan em pessoa, disse um funcionário do tribunal. O casal se divorciou em 2008 e combinou que Rocco moraria com Madonna, mas em dezembro ele se recusou a retornar a Nova York com a mãe.

Desde dezembro Rocco mora em Londres com o pai, apesar de uma ordem de um juiz nova-iorquino que instruiu o adolescente a voltar para a metrópole norte-americana. De acordo com reportagens da mídia especializada em celebridades, acredita-se que o método de criação rígido da cantora está na raiz da desavença.

Atualmente a artista de 57 anos está cumprindo a etapa asiática de sua turnê mundial.

Ela se apresentou em Cingapura no domingo, e seu próximo show será na Nova Zelândia no dia 5 de março. Rocco esteve com ela nas primeiras etapas de seu giro, trabalhando nos bastidores, e também saiu em turnê com ela em 2012.

Madonna publicou uma série de fotos de infância de Rocco nas redes sociais nos dois últimos meses, expressando seu afeto pelo filho.

"Sinto saudade deste menino tão cheio de vida, tão cheio@dede@amor", escreveu ela no Instagram na semana passada sobre uma foto do sorridente e cabeludo Rocco.

 
Madonna durante show em Macau. 20/2/2016.   REUTERS/Bobby Yip