Estúdio defende escalação de Zoe Saldana para filme sobre Nina Simone em meio a críticas

quinta-feira, 3 de março de 2016 20:08 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - O estúdio por trás de um filme sobre a cantora de soul e jazz afro-americana Nina Simone defendeu nesta quinta-feira a escolha de Zoe Saldana no papel principal após a atriz ser criticada por não ser negra o suficiente.

O fundador e presidente do conselho da RLJ Entertainment, Robert L. Johnson , disse que Saldana, que tem heranças étnicas de Porto Rico e República Dominicana, não deveria ser julgada pela cor de sua pele, mas por sua performance como Simone em "Nina".

"A coisa mais importante é que a criatividade ou qualidade da performance nunca deve ser julgada em termos de cor, etnia, ou aparência física", disse Johnson, que também é fundador da Black Entertainment Television (BET), em declaração.

A declaração de Johnson seguiu o lançamento do trailer do filme esta semana, que disparou críticas contra a maquiagem para criar uma pele mais escura em Saldana e pelo uso de uma prótese no nariz para interpretar Simone

(Por Piya Sinha-Roy)

 
Atriz Zoe Saldana durante evento em Hollywood. 19/10/2015 REUTERS/Mario Anzuoni