Juiz britânico pede que Madonna e ex-marido encerrem batalha por custódia de filho

segunda-feira, 21 de março de 2016 13:43 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Um juiz britânico renovou nesta segunda-feira um pedido para que a pop star Madonna e seu ex-marido, o cineasta Guy Ritchie, resolvam de maneira amigável a batalha pela custódia de seu filho adolescente.

A intérprete de "Material Girl" e o diretor de "Sherlock Holmes", cujo litígio por Rocco, de 15 anos, se desenrola em Nova York e Londres, se divorciaram em 2008 e concordaram que o filho moraria com a cantora.

Mas Rocco está vivendo em Londres com o pai desde o final do ano passado, e em dezembro ignorou a ordem de um tribunal nova-iorquino para que voltasse aos Estados Unidos para ficar com a mãe.

Também em dezembro, Madonna, de 57 anos, entrou com um processo na capital britânica, mas mais tarde decidiu retirá-lo.

Na audiência desta segunda-feira – à qual nem Madonna nem Ritchie compareceram – o juiz Alistair MacDonald deu permissão para que a cantora encerrasse o processo na Grã-Bretanha e apelou para que as duas partes solucionem o problema, de acordo com uma transcrição de seu veredicto.

"Na raiz deste processo... está uma quebra de confiança temporária. Apesar de toda a cobertura da mídia, dos comentários e das análises, este é um caso resultante de circunstâncias que surgem entre incontáveis pais separados de todo o mundo", disse ele.

 
Cantora Madonna durante show em Macau, na China/ 20/02/2016 REUTERS/Bobby Yip