Visita próxima de príncipe William ao Taj Mahal evoca foto famosa de Diana

terça-feira, 29 de março de 2016 12:12 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Mais de duas décadas após a princesa britânica Diana ter sido fotografada desamparadamente sozinha no Taj Mahal, seu filho, o príncipe William, e a esposa, Kate, irão visitar a atração turística indiana no mês que vem, evocando lembranças da infeliz viagem de sua mãe ao país em 1992.

A imagem de Diana sentada em um banco durante um passeio solitário pelo Taj Mahal, um monumento ao amor, estampou as primeiras páginas de jornais de todo o mundo e foi interpretada por muitos como um símbolo de seu casamento irreparável com o príncipe herdeiro Charles.

    O casal se divorciou em 1996 após 15 anos de matrimônio, e um ano antes de Diana morrer em um acidente de carro em Paris.

    Charles evitou o Taj Mahal em visitas subsequentes à Índia, mas William, duque de Cambridge, e Kate "mal podem esperar para vê-lo" durante a viagem oficial de seis dias à Índia e ao Butão a partir de 10 de abril, disse o porta-voz de William nesta terça-feira.

    "É claro que o duque de Cambridge está ciente da alta estima que sua mãe, a falecida Princesa de Gales, desfruta na Índia, e valoriza o caráter icônico das imagens existentes da princesa no Taj", afirmou o porta-voz.

    "Ele se sente incrivelmente sortudo por visitar um lugar onde a lembrança de sua mãe é mantida viva por tantas pessoas que viajam até lá", acrescentou.

"Vinte e quatro anos após a visita dela ao Taj, o duque e a duquesa estão ansiosos para ver este lugar lindo por si mesmos e criar novas lembranças quando disserem 'obrigado' ao povo da Índia na conclusão desta turnê".

         (Por Michael Holden)

 
Fotografia da princesa britânica Diana no Taj Mahal, em Agra.    11/1992   REUTERS/Ulli Michel/files