"Pegadinhas" do 1º de abril nos EUA incluem sutiã para cachorro e agência de emprego para bebês

sexta-feira, 1 de abril de 2016 10:04 BRT
 

Por Gina Cherelus

NOVA YORK (Reuters) - Em um ano de eleição nos Estados Unidos no qual a realidade muitas vezes tem parecido mais estranha que a ficção, os piadistas tiveram que fazer um esforço especial para bolar "pegadinhas" para 1º de abril, o Dia da Mentira, que se destacassem do ruído diário da campanha presidencial.

A velha tradição das "pegadinhas" se mostrou bem viva nesta sexta-feira em anúncios falsos de sutiãs para cadelas a uma agência de emprego para bebês.

"É cada vez mais desafiador se destacar", disse Rachael King, porta-voz da ThirdLove, fabricante de lingerie que fez uma parceria com a DogVacay, um serviço de babás para animais de estimação, para divulgar a falsa linha de sutiãs.

O truque é ser descarado e plausível ao mesmo tempo: a campanha on-line do sutiã, que promete criar "uma forma lisa e empinada, bonita como uma bola de tênis", conta com fotos de caninos usando os sutiãs e mirando o horizonte distante.

As "pegadinhas" de celebridades tiveram destaque no YouTube neste ano. O rapper Snoop Dogg usou a plataforma de vídeo para apresentar uma fictícia experiência de realidade virtual chamada "SnoopaVision", contou Lauren Verrusio, porta-voz do Google GOOGL.O, que é proprietário do YouTube.

Em outro gracejo publicado no YouTube, o jogador de beisebol Mike Trout e outros atletas do Los Angeles Angels aprontaram com o colega Garrett Richards, envolvendo-o em um pedido de casamento de mentira, e malsucedido, em um restaurante lotado.