Plant e Page, do Led Zeppelin, enfrentarão júri por clássico ‘Stairway to Heaven”

segunda-feira, 11 de abril de 2016 18:54 BRT
 

Por Jonathan Stempel

(Reuters) - O vocalista do Led Zeppelin, Robert Plant, e o guitarrista da banda, Jimmy Page, terão que enfrentar um tribunal do júri para determinar se se eles roubaram os acordes iniciais de “Stairway to Heaven”, clássico de 1971 da banda.

Numa decisão tomada na sexta-feira, o juiz Gary Klausner, em Los Angeles, nos Estados Unidos, afirmou que “Stairway to Heaven” e a instrumental “Taurus”, de 1967, da banda Spirit, são parecidas o suficiente para que um júri decida se Plant e Page são responsáveis por infringirem direitos autorais.

O julgamento está programado para 10 de maio.

O processo judicial é de Michael Skidmore, que representa o já morto Randy Wolfe, também conhecido como Randy Califórnia, que era guitarrista do grupo Spirit e compositor de “Taurus”.

Skidmore afirmou que Page pode ter sido inspirado a escrever “Stairway” para o Led Zeppelin depois de escutar o Spirit tocar “Taurus” quando as bandas fizeram uma turnê juntas em 1968 e 1969, mas que Wolfe nunca ganhou nenhum crédito.

Os acusados afirmaram que Wolfe compunha por encomenda, que não podia reivindicar direitos autorais, e que a progressão de acordes era tão clichê que não merecia tal proteção.

O juiz, no entanto, disse que um júri poderia encontrar similaridade “substancial” entre os dois primeiros minutos de “Stairway” e “Taurus”, o que ele chamou de “os segmentos mais reconhecidos e importantes” das duas músicas.

 
Robert Plant e Jimmy Page em foto combinada de outubro de 2012 e julho de 2015. 10/5/2016.  REUTERS/Carlo Allegri, Hans Deryk